Mezuzá consiste em um rolo de pergaminho (klaf) que contém duas passagens bíblicas: Shemá e Vehaiá. No verso do pergaminho estão escritas as letras hebraicas Shin, Dalet e Yud, que forma o acróstico das palavras hebraicas Shomer Daltot Israel, em português: Guardião das casas de Israel.

  1. A torá manda afixar mezuzá em cada uma das entradas.
  2. Cada um dos vários cômodos internos também necessitam de mezuzot.
  3. A mezuzá é fixada do lado direito de quem entra.
  4. Se tiver 2 cômodos iguais ou da mesma importância, interligados com uma porta e ambos com saída e ficar impossível decidir qual é o lado direito, deve-se usar a dobradiça como referência. Deve-se afixar a direita do cômodo para onde a porta abre.
  5. Se houver 2 cômodos interligados e um dele é mais importante, não se respeita a dobradiça da porta e sim, afixada a direita de quem entra para o compartimento mais usado ou mais importante.
  6. A altura correta para se fixar uma mezuzá é no início da terça parte da altura. Nem muito acima e nem abaixo.
  7. O pergaminho deve ser enrolado, da esquerda para direita, ou seja, da palavra echad para a palavra shemá.
  8. Depois de enrolada, deve ser acondicionada dentro de um envólucro.
  9. A mezuzá deve ser fixada no umbral da porta.
  10. a mezuzá deve ser pregada (em cima e embaixo) e não pendurada.
  11. a parte superior deve ser inclinada para dentro da casa e a parte inferior para fora.
  12. Se o umbral for muito estreito, ela poderá ficar reta. É preferível fixa-la na vertical à fixa-la atrás da porta.
  13. A reza é feita antes de fixa-la.
  14. Se for fixar várias, basta realizar a reza apenas uma vez, antes de fixar a primeira.
  15. Só há obrigação de colocar mezuzá se o cômodo tiver o tamanho mínimo de 4×4 cúbitos. (cúbito equivale aproximadamente a medida do antebraço que vai do cotovelo até a ponta do dedo médio).
  16. Se a passagem tiver somente um umbral, se este estiver do lado direito, colocar a mezuzá, se estiver do lado esquerdo, não colocar.
  17. Casas provisórias como sucá ou estandes de feira não precisam de mezuzá.
  18. Porta que dá acesso a um cômido com apenas 3 paredes, como uma varanda, não há necessidade de mezuzá
  19. Deve-se verificar a mezuzá a cada 7 anos.
  20. Ao entrar e sair de uma casa, devemos beijar a mezuzá.
  21. Ao sair, dizemos:36379_basic_medium_mezuzah_scroll_with_shema_text_in_hebrew_font_10cm_view_1
בָּרוּךְ אַתָּה יהוה אֱלֹהֵינוּ מֶלֶךְ הָעוֹלָם אֲשֶׁר קִדְּשָׁנוּ בְּמִצְווֹתָיו וְצִוָּנוּ לִקְבֹּעַ מְזוּזָה

Baruch Atá A-do-nai E-lo-hê-nu, Me-lech haolám, asher kideshánu bemitsvotáv vetsivánu licbôa mezuzá.

Bendito és Tu, ó Eterno nosso D’us, Rei do Universo, que nos santificou com Seus mandamentos e nos ordenou afixar a mezuzá.

http://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2016/07/mezuza.jpghttp://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2016/07/mezuza-150x150.jpgexibooMITSVOT/HALACHOTRELIGIÃOmezuzaMezuzá consiste em um rolo de pergaminho (klaf) que contém duas passagens bíblicas: Shemá e Vehaiá. No verso do pergaminho estão escritas as letras hebraicas Shin, Dalet e Yud, que forma o acróstico das palavras hebraicas Shomer Daltot Israel, em português: Guardião das casas de Israel. A torá manda afixar mezuzá...Comunidade Judaica Paulistana