Fui inflamado pela Thais Druker a escrever sobre internet em geral. Quando argumentei que o portal tinha um viés judaico, ela me deu um xeque-mate argumentando que todo mundo e todos os mercados precisam saber se expor corretamente na internet e aumentar seus resultados, de maneira que me empolguei e aqui estou escrevendo meu 1º post.

Tentarei escrever exatamente como oriento meus clientes… então se você começar a me acompanhar a partir deste post em diante, ótimo! Pois levarei a conversa numa lógica crescente para primeiro entender a internet, depois seu cliente para somente então saber como expor sua marca e seus produtos e finalmente buscar melhorar seus resultados.

Antes… acho importante ressaltar que serei provocativo… por horas, até duro, mas jamais grosseiro. Minha única intenção será provocar você… fazê-lo pensar… sair da sua zona de conforto… pensar… refletir… como está a sua empresa na internet e principalmente, se precisa mudar ou não seu posicionamento. Perdoe se provocar demasiadamente forte hehehe… Vamos lá:

Quem é o inteligente burro da internet?

O inteligente burro é aquela pessoa que sim é inteligente, sim é capaz (e ninguém duvida disso), mas não entende de internet e por isso mesmo, não a trabalha… ou não entende de internet e tem vergonha de assumir, por isso faz apenas o arroz com feijão, negligenciando-a… ou um dia decidiu fazer “um algo” que funcionou e não muda mais, não cria nada novo… ou o pior dos casos, se acha o grande entendedor e constantemente, só faz do seu jeito, perdendo grandes oportunidades.

Você se enquadrou em um ou mais tipos? Ótimo! Então saiba que você precisa perceber que a internet é dinâmica e a mudança faz parte do processo. Não entende? Aprenda ou chame quem entenda. Acha que já faz o suficiente? Saiba que você pode melhorar sempre. Acha que sabe tudo? Saiba que até nós de agência web com anos de experiência todos os dias aprendemos coisas novas ou o mais importante, verificamos um resultado novo.

Só chega em um novo lugar quem pegou um novo caminho!

Veja… a intenção deste primeiro post é fazer você entender que muitas vezes a falta de resultados da sua internet começa em você mesmo. Definitivamente, você não pode ser a primeira barreira ou o primeiro empecilho.

Pense fora do quadrado!

Poderia dar dezenas de exemplos aqui: uma empresa manda o mesmo tipo de newsletter todo mês, contendo sempre a mesma coisa… o patriarca da empresa, de idade avançada, não sabe o quanto poderia aumentar seus resultados, trabalhando a internet em todo seu potencial… um empresário já aumentou suas vendas mandando promoções por e-mail e não acha que deva mudar esse formato… ou acredita que já posta nas redes sociais e não consegue engajar mais do que já engaja os visitantes de suas páginas.

Permita-se! Sabe por que? Por pelo menos três motivos: 1) os custos na web são muito, mas muito mais baratos que o do real, 2) tudo na internet pode ser auferido. A cada nova ação, conhecendo o que seu cliente quer através das métricas, os resultados só aumentam. De forma impírica, testando novos canais, criando novas ações (planejadas, é claro), com certeza alcançará novos e mais altos patamares. E 3) diziam que a loja virtual era como abrir mais um porta às vendas, sem o ônus de aluguel, luz, etc… mas a internet de hoje significa não um, mas dezenas de portas abertas a mais… lembre-se disso sempre!

Como posso começar esse processo?

Quantas vezes você chamou os responsáveis do comercial e perguntou: – “o que vocês fariam de diferente na internet se estivessem em meu lugar?”. Quantas vezes você chamou os “jovens” da empresa para perguntar a mesma coisa à eles? E o pior… quantas vezes você aceitou e colocou em prática uma ideia de outrem?
Ser inteligente em um algo não o transforma inteligente em tudo. Muito pelo contrário! A falta de humildade, o medo do novo e o ego exacerbado corriqueiramente criam inteligentes burros.
Saia do quadrado, pense fora da caixa, saia da sua zona de conforto! Negligenciar a web, utiliza-la de forma pífia ou tentar se enganar achando que, de verdade, está fazendo tudo que pode,  fazem de você um burro. Não saber que pode mais é ignorância… mas agora que sabe que pode, não fazer é burrice!

Abraços,

Wyllie

http://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2016/06/inteligente-burro.jpghttp://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2016/06/inteligente-burro-150x150.jpgWyllieINTERNETEgo,Humildade,Inteligente Burro,internet,web marketingFui inflamado pela Thais Druker a escrever sobre internet em geral. Quando argumentei que o portal tinha um viés judaico, ela me deu um xeque-mate argumentando que todo mundo e todos os mercados precisam saber se expor corretamente na internet e aumentar seus resultados, de maneira que me empolguei...Comunidade Judaica Paulistana