Está faltando um pouco de gentileza nesse mundo não acha não?
Gentileza é a capacidade de perceber a necessidade do outro, retribuir algo que lhe foi feito, sem ser pedido, ou seja, educação e gentileza caminham juntos, embora acho a gentileza mais sofisticada.

Também não estou falando em regras de etiqueta, abrir a porta do carro para uma mulher, segurar a porta do elevador, não, não, não…..a gentileza que me refiro e que sinto que estamos carentes, é a gentileza que tem a ver com o desejo de ver um mundo melhor, mais leve. Passa por se questionar como estamos nos relacionando com o mundo e principalmente com nós mesmos. Se não sou gentil comigo, fica difícil ser com o outro.
Parece fácil mas por que está cada vez mais difícil encontrar pessoas gentis? Mais interessante ainda é que muitos de nós cobramos o que não damos. Culpamos a rotina, o tempo, o “estar no automático”, o turbilhão mental que nos encontramos, o medo do julgamento do outro, a nossa própria insensibilidade, nossa incapacidade de nos colocarmos no lugar do outro, nossa criação.
Minha avó costumava dizer: “aquela pessoa é tão insensível que virou uma casca grossa”. É verdade, hoje estranhamos encontrar alguém sensível, que se emociona, que chora, achamos que essa pessoa é estranha, melindrosa, chata. Vamos pensar, se todos fossemos mais sensíveis, nos sensibilizariamos mais e provavelmente tomaríamos mais cuidado com o outro. Gosto de pessoas sensíveis, com alma clara, que expressa seus sentimentos, gosto dos chorões mas, também compreendo os “cascas grossas” afinal ninguém fica assim do nada, todos temos nossa história, nossas armaduras, nossas experiências que nos fazem agir desse ou daquele jeito e como experiências ruins é que não faltam, vamos engrossando a casca e olha o que dá? Um mundão que é uma enorme casca grossa tão carente de gentilezas.
O resultado disso? Bem, os dados são assustadores, uma vez que a depressão tende a ser, até 2020, a segunda causa de improdutividade das pessoas, perdendo apenas para doenças cardiovasculares. Distúrbios afetivos (ansiedade, depressão, síndrome do pânico, etc) se tornam cada vez mais comuns. Investir na gentileza não vai curar o mundo! Mas pode dar um pouco de conforto.

Acredito em ser o que buscamos. Isso se chama coerência! Se busco gentileza, devo ser gentil. Um dos pilares da saúde mental é: Pensar, Agir e se Comportar com coerência. Os três pilares devem caminhar juntos!
Sabe o que significa o slogan “Gentileza gera Gentileza” ? Que seu comportamento pode tirar de mim o meu melhor! Um relacionamento com gentileza, por exemplo, nos faz querer retribuir, e falando em relacionamentos, vale a pena uma paradinha aqui. Quanta coisa podia ser diferente com apenas um pouco de gentileza e empatia. As relações são difíceis? Sim, mas o que vemos é uma total falta de gentileza, educação, tolerância, para não nos estendermos muito. Gritamos, batemos porta, ofendemos, descontamos no outro nossas frustrações, relacionamentos são terminados por whatsapp ou telefone, pais e filhos relacionando-se cada vez mais monossilabicamente e por ai vai.
E não importa a situação, uma demissão, um término de relacionamento, um bronca merecida no seu filho, o que for, por mais tensa que seja a situação dá sim para ser feito de uma maneira a não “destruir psicologicamente” o outro. Muitas vezes causar a dor no outro é inevitável, mas a forma de fazer isso pode fazer uma enorme diferença, minimizando esse desconforto.
Comece hoje, dê bom dia ao entrar no elevador, não importa se ninguém responder, dê um sorriso a alguém que você não conhece, sem receio de julgamento, se te acharem louco, que seja pelo menos um louco gentil.
“Se não quisermos adoecer precisamos mudar em nós a mudança que queremos ver no mundo!”

Magali.

http://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2016/09/lev.jpghttp://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2016/09/lev-150x150.jpgMagali CatelanCOMPORTAMENTOGentil,Gentileza,relacionamento  Está faltando um pouco de gentileza nesse mundo não acha não? Gentileza é a capacidade de perceber a necessidade do outro, retribuir algo que lhe foi feito, sem ser pedido, ou seja, educação e gentileza caminham juntos, embora acho a gentileza mais sofisticada. Também não estou falando em regras de etiqueta,...Comunidade Judaica Paulistana