Dando continuidade aos conceitos que julgo importante que todos conheçam se pretendem estar e se expor da forma correta na internet, abordarei agora sobre o que mencionei no último post:

1) Ter um site equilibrado, com uma bela plástica e conteúdo interessante é ter uma casa bem mobiliada.

Há alguns anos, o porto seguro de qualquer empresa na internet era seu site. A empresa poderia participar de portais, ser mencionada em revistas, Tv, jornais, aonde fosse, porém, para conhecê-la melhor o internauta ia aonde? Para o seu site. Isso ainda é válido nos dias de hoje, porém, há pequenos e médios negócios dando muito certo na internet, apenas com páginas e perfis nas mídias sociais. Venda de jóias em perfis exclusivos do Instagram… Vendas de comidas caseiras com apenas páginas no Facebook… e até showmans e showwomans abordando temas específicos como maquiagens, moda e outros temas apenas com canais no Youtube.

Mesmo sendo páginas dentro de mídias sociais, tornaram-se o porto seguro dessas “empresas”.

Quer conhecê-lo? Procure seu porto seguro. Toda empresa ou profissional liberal precisa do seu!

Site

O site te representa… um site tem a sua cara… um site quase carrega seu estilo ou DNA. Tome você mesmo como exemplo… se entra em um site e ele é feio ou mal feito, o que você pensa? “Ixi, essa empresa não deve ser boa… não deve ser séria… ou é minimamente bagunçada”.

E é bem isso mesmo! “Ahhh, mas eu não ligo pra internet” ou “Ahhh, eu não entendo de internet”… me desculpem os menos entendidos, mas a primeira lição sobre seu site é: ele não foi feito para você, ele foi feito para o visitante! Sendo duro e direto (e não me entendam, por favor, como grosseiro), não me interessa se você o acha bonito, acha completo ou perfeito… se seu cliente não acha, ele não serve!

Quando alguém busca um produto no Google, clica em vários sites, correto? E o que acontece em seguida? Ele os compara. Os sites que passarem menos credibilidade… aqueles que estiverem mal feitos ou simplórios demais, serão descartados. E aqui, para aqueles que responderem que não ligam… simplesmente buscam o site com menor preço… respondo que esse argumento não muda minha opinião. Se seu site estiver bem ruim mas conter o produto com melhor preço, ainda assim o visitante pensará: “Ixi, mas será que se eu comprar, eles vão entregar?”. Portanto… porto seguro tem que passar segurança… tem que passar credibilidade! Site bem feito, passa! Site mal feito… não!

Layout

Gosto muito de associar relacionamento a internet. O entendimento fica claro e repetidamente o faço com meus clientes.

Você vai sair pela primeira vez com alguém para jantar… no horário combinado, aguardando na frente do prédio dela… você está de banho tomado, calça social, camisa passadinha, cheiroso… abre a porta do elevador e você a vê se aproximar com roupa da ginástica, suada, largada… não é broxante? Para as feministas de plantão rsrsrs, obviamente vale também pra ela, quando ao descer deslumbrante e toda produzida se deparar com ele de bermuda, camiseta regata, chinelos de dedo, despenteado e suado… rsrsrs… absolutamente broxante.  Ao adentrar um site, o internauta também possui uma espectativa sobre sua empresa… você deve igualar ou superar essa espectativa e não frustra-la.

Se frustrar seu visitante logo de cara… na melhor das hipóteses acaba com a primeira impressão ou venda por impulso. Péssimo! Estar de roupa de ginástica é perfeito para se excercitar… chinelo de dedo é ótimo para andar no calçadão da praia… mas num primeiro encontro… não rola!

Portanto, a cara, o estilo, o design do seu site tem que estar de acordo com a espectativa dos visitantes… essa é a regra.

Conteúdo

Aí abre-se o elevador e lá vem ela tão cheirosa como você… arrumada, linda e deslumbrante e você pensa: “Uauuuuuu, que linda!”. A reação dela é a mesma ao te ver e tudo corre como imaginavam. Chegam ao restaurante… o garçon traz o cardápio e ela diz: -“Mim dá uma sugestão do que é gostoso aqui por causa que eu não vim aqui”. rsrsrsrs E ai? O que você faz? rsrsrsrs Continua ou arruma uma desculpa para deixa-la rapidamente de volta na casa dela? -“Tô com poblema. Meu waileles não está funcionano. Queria fazer um check-in e não consigo”. rsrsrsrs

Nem preciso continuar a analogia né?

O Design é fundamental para a primeira impressão, mas o conteúdo também! Os dois podem desqualificar sua empresa como confiável. Ambos são complementares e fundamentais para você obter maior ou menor sucesso: Design e conteúdo juntos mostram quem é você. Nunca se esqueça disso!

Peguei algumas lojas virtuais aleatórias. Uma nem fotos abriam, outra a primeira página estava incompleta. Em qual dessas você verdadeiramente compraria sem receio?
Peguei algumas lojas virtuais aleatórias. Uma nem fotos abriam, outra a primeira página estava incompleta. Em qual dessas você verdadeiramente compraria sem receio?

Não tem jeito… nós possuímos alguns pré conceitos que nos são caros! Se a pessoa, coisa ou site não se enquadrar no que estipulamos ser o nosso mínimo de qualidade, pode oferecer preços mais baixos… pode prometer fazer milagres… mas deixamos de acreditar. Esse negócio que beleza não põe a mesa, na internet, perdoe-me mas não funciona.

Aí alguns responderão: Sim, mas conheço a empresa XYZ que tem um site péssimo e que vende muito. É verdade, responderei eu, mulher feia e homem com chulé também casam… mas isso não quer dizer que são a regra, mas sim, a exceção.

Abraços

Wyllie

http://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2016/07/porto-seguro.jpghttp://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2016/07/porto-seguro-150x150.jpgWyllieINTERNETconteúdo,criação de site,designDando continuidade aos conceitos que julgo importante que todos conheçam se pretendem estar e se expor da forma correta na internet, abordarei agora sobre o que mencionei no último post: 1) Ter um site equilibrado, com uma bela plástica e conteúdo interessante é ter uma casa bem mobiliada. Há alguns anos, o porto...Comunidade Judaica Paulistana