Tel Aviv, eu sempre digo.. é um país à parte de Israel.

Suas construções modernas, sua vida agitada, em alguns aspectos,  assemelham-se aos grandes centros do mundo, como São Paulo, Nova York, etc…

A cidade que nunca para, foi a primeira cidade moderna construída em Israel.

Centro econômico e cultural, é uma cidade viva, cheia de entretenimentos, arte e muita cultura.

2013-03-05 13.06.26Situada numa faixa de 14 quilômetros de comprimento no litoral do Mediterrâneo, Tel Aviv se estende além do Rio Yarkon ao norte e o Rio Ayalon no leste.

Centenas de milhares de trabalhadores, visitantes, turistas e pessoas procuram diversão e andam na cidade todos os dias em todos os momentos do dia e da noite.

Um pouco de história

Sua história começa em Jafa (Yafo) – a antiga cidade ao lado de Tel Aviv, com 3000 anos de idade. A atual Cidade Velha de Jafa foi construída durante o Império Otomano e as suas casas de pedras e ruas estreitas abrigam o pitoresco quarteirão dos artistas e um centro para turistas.

032Em 1909, sessenta e seis famílias judias que viviam em Jafa, estabeleceram o primeiro bairro do que se tornaria a cidade de Tel Aviv.

O bairro, que se chamava “Achuzat Bait” (pedaço de terra reivindicado por um colono), onde originalmente se encontrava em Jafa.

Em 1910 foi renomeado de Tel Aviv  e o bairro começou a se expandir.

Outros bairros foram adicionados até que, eventualmente, se tornaram o centro do Ishuv – o assentamento judeu na Palestina daquela época.

Foi em Tel Aviv, em 14 de maio de 1948 que David Ben Gurion declarou a independência do Estado de Israel.
O bairro antigo Achuzat Bait, que se estende da Rua Montifiore e Yehuda HaLevi é o núcleo histórico de Tel Aviv.

Para o oeste se encontra o bairro de Neveh Tsedek, que foi o primeiro bairro judeu estabelecido fora de Jafa em 1887.

O bairro foi renovado nos anos 80 e agora é um bairro pitoresco e charmoso, onde muitas das casas originais ainda se encontram inteiras.  Há muitos prédios nos bairros vizinhos a Achuzat Bayit que foram construídos no estilo eclético que foi popular em Tel Aviv nos anos 20.

Blocos de prédios construídos neste estilo, podem ser encontrados em Nahalat Binyamin e no “coração da cidade” – o triângulo entre a Rua Shenkin, a Avenida Rothschild e a Rua Allenby.
Temos também o Schuk Ha Carmel, que é um mundo encantador e pitoresco. Tantas vezes que formos para lá, tantas vezes iremos nos deparar com deliciosos momentos.

 Cidade Branca

Tel Aviv tem uma abrangente variedade de estilos arquitetônicos, que foram influenciados por várias escolas de arquitetura – entre elas o estilo Bauhaus internacional.

A porção central de Tel Aviv – que é conhecida como “A Cidade Branca” contém o maior grupo de prédios no mundo construídos no estilo Bauhaus internacional.

Por esta razão a Cidade Branca foi declarada como um sítio do patrimônio mundial pela UNESCO. O estilo foi originado na Alemanha e se baseia em formas geométricas simples e assimétricas, e floresceu dos anos 30 até o estabelecimento do Estado.  Logo outros arquitetos da cidade também foram atraídos.

A Cidade Branca se estende da Rua Allenby no sul ao Rio Yarkon no norte, e da Avenida Begin no leste para o mar.

Há grandes concentrações de prédios neste estilo na Avenida Rotshchild e na área do Dizengoff Center.

Temos também o Parque HaYarkon que se encontra na parte norte da Cidade Branca, nas margens do Rio Yarkon.

Outro lugar bárbaro é o porto de Tel Aviv(Namal) onde tem uma grande concentração de centros de entretenimento, clubes noturnos e restaurantes, além de uma paisagem maravilhosa voltada para o mar.

Um programa lindo de se fazer é assistir o por do sol no Namal De Tel Aviv.

Cultura e Entretenimento

Tel Aviv é o centro de Israel para a cultura e o entretenimento.

A cidade tem mais de 20 museus, sendo os mais importantes o Museu da Terra de Israel (HaAretz) e o Museu de Arte de Tel Aviv.  Outros museus de Tel Aviv incluem o Museu da Diáspora, o Museu de História das Forças de Defesa de Israel, o Museu Etzel, O Museu da Haganha, o Museu do Palmach, o Museu Kekhi e o Museu Nachum Guttman.

A cidade abriga a Orquestra Filarmônica de Israel e a Companhia de Ópera Israelense, além da maioria das companhias nacionais de dança e teatros.

Tel Aviv também é o centro nacional para a vida noturna e o entretenimento, e é cheia de clubes noturnos com música de todos os tipos, dança, restaurantes, pubs, cafeterias, discotecas, cinemas, auditórios e salas de concerto.
20130531_104819
Tel Aviv tem algumas praias deliciosas e um calçadão romântico em frente ao mar.

A cidade tem várias praças, sendo as mais conhecidas a Praça Rabin, a Praça HaMedina e o Círculo de Dizengoff.

Onze das igrejas, monastérios e mesquitas da cidade, com a Igreja de S. Pedro e o Monastério Franciscano estão localizados em Jafa.

20130601_200654Dezenas de hotéis, pensões e albergues se espalham  pela cidade, oferecendo todos os tipos de acomodação, desde quartos luxuosos a uma hospedagem simples e agradável.

Tel Aviv também é um centro de negócios e comércio, com mercados pitorescos e agitados como o “mercado das pulgas” em Jafa, o mercado Carmel, o Mercado HaTikva e o mercado Levinsky.

Vários shoppings modernos tomam conta da cidade e entre eles o Dizengoff Center e o Azrieli Center, assim como centros comerciais importantes para empresas de alta tecnologia, corretoras de imóveis e o mercado de valores.

fff92d49c1bfe9138ac55197daac630b

Todos estes fazem de Tel Aviv a capital comercial de Israel e um centro internacional de convenções, exibições e conferências.

Tel Aviv é a capital mundial das Startups. Uma das maiores  população gay do mundo se encontra por lá.

20130601_200548

Cidade das luzes, cidade da paixão pela vida, um local imperdível de se conhecer.

Venha para cá!!!

 

http://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2016/11/20151112_174125-1024x576.jpghttp://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2016/11/20151112_174125-150x150.jpgSheila BrombergECOS DE ISRAELarquitetura,arte,Cultura,historia,Israel,Praia,turismoTel Aviv, eu sempre digo.. é um país à parte de Israel. Suas construções modernas, sua vida agitada, em alguns aspectos,  assemelham-se aos grandes centros do mundo, como São Paulo, Nova York, etc... A cidade que nunca para, foi a primeira cidade moderna construída em Israel. Centro econômico e cultural, é uma...Comunidade Judaica Paulistana