dominant-dog-1024x481Tenho escutado muita gente reclamar do cachorro que não obedece, que mete medo, que já mordeu o dono, várias informações que me levaram a crer se tratar de um cachorro dominante. Lembra quando falamos sobre hierarquia? Então, o cão fica dominante quando aquele capítulo não foi bem entendido.
Então vamos falar de novo sobre isso, mais detalhadamente. Todo cachorro deve se cansar, fazer exercício, brincar, correr e cansar muito. Lembre-se, cachorro cansado é cahorro feliz. Um cachorro dominante deve se cansar muitas vezes mais. Várias coisas influenciam na dominância de um cachorro, as atividades diárias, o treinamento não direcionado, quantidade de exercícios, a dieta, o acesso aos brinquedos e até mesmo o carinho.
Quando um cachorro dominante quer brincar, ele vai levar o brinquedo até você para que você brinque. Quando ele quiser carinho ele vai colocar a cabeça dele na palma da sua mão para ser acariciado. O que você faz? Brinca com ele no primeiro caso e faz carinho no segundo, certo? É a coisa mais errada que podemos fazer, pois estamos evidenciando a dominância dela. Nesses casos ele não está pedindo, está exigindo. Claro, se ele é o dominante, o líder da matilha, é ele que escolhe o que fazer e quando fazer.
O mais comum é ter alguém mais frágil em casa, e é sobre ele que o dominante vai querer se mostrar. Pode ser a esposa, o marido, o filho, qualquer pessoa da casa. Podemos detectar quem é essa pessoa facilmente, é nela que o cachorro vai tentar montar, é com ela que o cachorro vai querer brincar de medir força, e muitas vezes é no local que ela dorme que o cachorro faz xixi, só para tirar o cheiro dela e deixar o dele. Essa pessoa vai precisar trabalhar mais o cachorro que os outros, até conseguir que ele a respeite e responda rápido aos comandos.
O cão dominante geralmente vai bem em aula, mas em casa não obedece tão bem. Por isso mesmo deve ser trabalhado bastante principalmente quando o treinador não está junto. Se ele só treinar na presença do adestrador, ele vai continuar dominante. É importante que todos envolvidos usem o mesmo comando sempre, de preferência curto. Essa pessoa mais frágil deve trabalhar mais em casa, começando sem distrações para manter o foco do cachorro. Só deve deixar distrações como carro, rua e pessoas quando tiver segura o suficiente para realmente dominar seu animal.
Alguns detalhes são importantes para o sucesso do trabalho com o dominante:
O começo do treinamento desse tipo de cachorro fica com o líder, e vai seguindo a hierarquia. Não se esquecendo de que o último da pirâmide deve trabalhar mais que os outros.
Comandos curtos, de uma palavra só.
O cão tem 3 segundos para obedecer, e vai diminuindo esse tempo até que ele obedeça na hora.
Quando ele obedecer ao comando pode e deve receber carinho como recompensa. Cachorro dominante não deve receber carinho aleatoriamente, sem ter feito nada para isso. Se você quiser brincar e fazer carinho peça que ele se sente, aí sim, pode brincar e acariciar o bicho.
Cachorro dominante gosta de estar em lugares altos, ele se sente mais seguro e tende a ficar mais agressivo quando seu olhar está na mesma altura dos olhos dos outros membros da família. Evite deixa-lo subir no sofá, cama, etc.
Quando o cachorro dominante descobre que nada na vida é de graça, ele tende a melhorar bem, pois percebe que é do líder que ele ganha tudo.

https://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2017/04/dominant-dog-1024x481-1024x481.jpghttps://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2017/04/dominant-dog-1024x481-150x150.jpgSheila NiskiEXPERTSVIDA DE CÃOTenho escutado muita gente reclamar do cachorro que não obedece, que mete medo, que já mordeu o dono, várias informações que me levaram a crer se tratar de um cachorro dominante. Lembra quando falamos sobre hierarquia? Então, o cão fica dominante quando aquele capítulo não foi bem entendido. Então vamos...Comunidade Judaica Paulistana