cadeira

Muitos pais, ao longo da vida, mesmo depois que a criança já cresceu, carregam uma culpa muito pesada. Uma culpa que se remete à educação dada por eles aos filhos e de como poderia ou deveria ter sido melhor. Se fosse, os filhos poderiam ser mais felizes, conquistar mais coisas, etc.. A sensação de que não foram pais bons o suficiente para seus filhos e que as frustrações dos filhos se deve aos pais, em seu imaginário, pode fazer surgir a culpa.

É importante ter em mente algumas coisas. Existe o desejo onipotente dos pais de dar conta de tudo, de poderem impedir que os filhos sofram. Porém, os pais vão percebendo que é impossível dar conta de tudo, tal como faz um super-heroi. E, com isso, começam a pensar que não foram bons o suficiente que deveriam ter feito mais.

Agora, vamos pensar. Antes de serem pais, tratamos aqui de pessoas, de seres humanos.

O ser humano possui algumas características inerentes à condição humana. Somos falhos e temos limites. Mas, esperem. Temos outras características também: temos capacidades, tem coisas que conseguimos, temos questões que resolvemos, coisas que damos conta, e por aí vai. Não é tudo, mas também não é nada.

Quando os pais ficam nos extremos – ou deu conta de tudo, ou desvalorizando o que deu conta – eles ficam impossibilitados de olhar para aquilo que conseguiram. E que pode não ter sido tudo, mas que alguma coisa eles conseguiram. Nem tudo, nem nada.

Suficientemente boa é a educação que é composta por acertos e erros, quando tem um pouquinho mais de acertos do que de falhas. Um pouco mais de amor do que de raiva, um pouco mais de acolhimento do que de castigo, um pouco mais de reconhecimento do que de desmerecimento. E assim vai.

Pais, reconheçam o valor da educação de vocês a seus filhos porque, sem dúvida nenhuma, a perfeita não existe e, com isso, uma educação suficientemente boa tem e merece seu devido valor.

Até a próxima!

https://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2017/04/cadeira.jpghttps://portaljudaico.com.br/vendoo/uploads/2017/04/cadeira-150x150.jpgSefi StrengerowskiCRIANÇA, FAMÍLIA E ESCOLAEXPERTSculpa,paisMuitos pais, ao longo da vida, mesmo depois que a criança já cresceu, carregam uma culpa muito pesada. Uma culpa que se remete à educação dada por eles aos filhos e de como poderia ou deveria ter sido melhor. Se fosse, os filhos poderiam ser mais felizes, conquistar mais...Comunidade Judaica Paulistana